Marketing Multinível – O que é? Quais as vantagens do MMN?


marketing multinível

Esta não é uma categoria de negócio muito recente, mas que com a expansão da internet e dos meios de comunicação, ganhou uma nova roupagem e tem feito muito sucesso. O marketing multinível (MMN) tem se consolidado no Brasil e oferece muitas vantagens. Confira algumas delas e veja as diferenças entre o marketing multinível e a pirâmide financeira.

O que é o marketing multinível?

É também conhecido como marketing de rede e teve origem nos Estados Unidos por volta de década de 1940. Não é necessariamente uma novidade do meio dos negócios, mas atualmente o marketing multinível tem se renovado pela quantidade de ofertas e pelos meios digitais. Muitas pessoas aqui no Brasil veem no marketing multinível (MMN) uma possibilidade de renda extra, mas algumas empresas vêm se consolidando nesta área com muito sucesso.

Publicidade

marketing multinível

Na verdade, trata-se de um modelo de remuneração que serve para impulsionar a força de vendas de produtos e serviços, oferecendo pagamento por comissões, bônus ou prêmios e outros recursos ao profissional ou empreendedor que realiza de fato a venda. Desta forma, a empresa que possui este modelo de negócio premia o profissional conforme seus resultados e as vendas de produtos e serviços, contempla equipes recrutadoras e células que apresentam ótimos resultados.

Para que o marketing multinível seja possível, é necessário que haja elementos específicos e um cenário. Por exemplo, com é um sistema derivado das vendas diretas requer um networking, ou rede de contatos para se consolidar em um segmento e supor inovações organizacionais.


📢 Você sonha em montar um negócio próprio mas não sabe por onde começar? Clique Aqui e leia o passo-a-passo para criar um negócio lucrativo, sem arriscar seu dinheiro dando um tiro no escuro!

mmn

Outra característica importante do marketing multinível é seu formato cíclico de negócios, ou seja, a cada período determinado fez uso de diferentes meios para atingir clientes e novos profissionais. Se na década de 1980 estava presente nas casas e “fundo de quintais”, sendo que o empreendedor teria que adquirir grandes estoques, atualmente utiliza ainda mais as tecnologias digitais e a presença na internet para ampliar ainda mais o networking. Cada momento histórico formatou o marketing multinível ao seu modo, sendo que este modelo se caracteriza pela ampla adaptação.

O marketing multinível é apenas uma das etapas de um conjunto de canais que uma marca utiliza para promover os seus produtos e fazer com que cheguem ao seu consumidor final. Além do marketing de rede há outras vias que realizam este propósito: varejo, vendas diretas e vendas por catálogos – ou mais de um destes caminhos em conjunto.

  • Varejo: O produto é comercializado por meios de lojas, farmácias, e-commerce, etc.
  • Vendas Diretas: Caracteriza-se pelo contato pessoal entre vendedores e compradores, fora de um estabelecimento comercial fixo. Pode ocorrer como porta-em-porta e reuniões em casa.
  • Vendas por catálogo: As vendas ocorrem por meio de revistas e jornais enviados para o consumidor.

Um exemplo de empresa de marketing multinível é a marca de cosméticos Mary Kay. Há a utilização de catálogos de modo cíclico, presença digital, premiações comissões e outras vantagens para os vendedores que atuam diretamente, que são independentes e atuam de muitos modos para revender os produtos, seja para o consumidor final ou até para comerciantes – farmácias, lojas, etc. Outros exemplos de empresas são a Polishop e a Hinode.

Marketing de Rede (MMN) é pirâmide financeira?

Muitas pessoas ainda confundem o marketing multinível (que também é chamdo de MMN e Marketing de Rede) com a pirâmide financeira – esta última é uma prática considerada criminosa no Brasil, diferentemente do marketing multinível. Saiba que um profissional que trabalha com marketing multinível, para ter bons resultados, precisará se esforçar bastante, conhecer estratégias de venda, saber tudo sobre o mercado, os produtos e os serviços da marca que irá representar e deve se manter muito motivado. Não há ganhos que caem do céu, como propõem as pirâmides.

Publicidade

É importante dizer que o marketing multinível é algo bem distinto das chamadas pirâmides financeiras, que são negócios ilegais de movimentação financeira. Já o MMN, é uma atividade legalizada, que promove a comercialização de produtos e serviços e se baseia em princípios e fundamentos éticos e legais, oferecendo aos empreendedores interessados ótimos rendimentos conforme os seus resultados.

Se a empresa promete ganhos baseados no investimento, possui negócios sem produtos ou serviços, privilegia os interessados por ordem de chegada, independente dos alcances de suas vendas, há chances de ser uma pirâmide financeira.

marketing de rede

Outra característica importante é que as pirâmides têm prazo de validade, diferentemente do marketing multinível. Um exemplo disso é a Empresa Avon, que é a maior companhia mundial de vendas diretas, e que atua desde 1886 – isso mesmo, são 130 anos de sucesso com base no marketing multinível.

Na pirâmide financeira, conforme o número de pessoas que entram no esquema, o negócio começa a diminuir, os ganhos também entram em queda. Isso não acontece no marketing multinível, pois independentemente do número de afiliados, se os vendedores continuarem vendendo (já que o sistema será baseado em produtos ou serviços), a empresa continua gerando lucro.

Para não cair em um negócio ilegal e antiético, mesmo que seja vendido como marketing multinível, questione-se sobre os seguintes quesitos:

  • A empresa possui objetivos claros? Qual o produto? Qual é o serviço? É sustentável?
  • A empresa possui CNPJ?
  • A empresa possui central de atendimento ao cliente? e suporte ao profissional, ela oferece? Como funcionam os treinamentos?
  • Quem são os responsáveis pelo negócio?
  • Há investimentos iniciais? Quais os custos adicionais? Qual o prazo de retorno? Como você vai saber se já tem direito aos lucros e gratificações?
  • Você conhece bem o produto ou serviço que irá oferecer?
  • Há demanda suficiente para cobrir os custos?
  • A empresa possui presença digital satisfatória? Quais as tecnologias utilizadas que você também poderá recorrer como um recurso de venda?
  • Quais as condições para a devolução? Há política de insatisfação definida?
  • Há possibilidades reais de crescimento em longo prazo? Quais são estas garantias? Há um contrato profissional?

Leia Também:


👉 Qual a melhor ideia de negócio PARA VOCÊ?

Na internet existem milhares de informações sobre ideias e modelos de negócio. Mas afinal, qual a ideia de negócio ideal para você? Será que sua ideia é lucrativa? Nesse ARTIGO (clique aqui) mostramos para você como descobrir isso hoje mesmo. Se você quer montar um negócio 100% próprio com baixo risco, CLIQUE AQUI e veja o passo-a-passo para se tornar seu próprio chefe.