Quero trabalhar em casa para empresas – Freelancer


Uma ótima maneira de obter uma renda extra é trabalhar em casa para empresas como freelancer, utilizando os seus conhecimentos para oferecer produtos e serviços para pessoas e empresas de modo independente. É desta maneira que muitas pessoas começam um negócio próprio, seja pela internet ou de forma física. Mas nem tudo são flores na vida de um freelancer. Veja como efetivar sua carreira de freelancer e tenham mais sucesso!

O que é, afinal, um freelancer?

O freelancer é um profissional autônomo ou que até possua um vínculo com alguma empresa, mas que nas horas vagas atual de modo independente. Para se tornar um freelancer, é preciso que você já conheça bem a sua área de atuação.

Publicidade

Por exemplo, se você é advogado para alguma empresa, e quer atual como freelancer, deve compreender bem a sua profissão e ter conhecimento e experiência na área. Se é um designer gráfico e trabalha em uma agência, mas decidiu fazer “freelas” ou trabalhar exclusivamente como freelancer, deve conhecer o seu ramo profissional e ter experiência, porque uma você freelancer, estará sozinho e precisará resolver os desafios que há em sua profissão.

freelancer

Muitas pessoas sem experiência ou foco no que querem na vida resolvem se tornar freelancer, atuando em outras áreas, que nem sempre possuem conhecimento. Isso é um erro grande e atrapalha o segmento e outros profissionais deste nicho.

Fazer freelance não significa que você não precise de experiência ou que é apenas uma forma das empresas optarem por profissionais menos qualificados por um preço mais baixo. Muito pelo contrário: há profissionais que são referências em suas áreas e só atuam como freelancers ou como consultores.

Desta forma, uma forma de iniciar uma carreira freelancer é a partir de sua própria profissão. Se você quer trabalhar em casa para empresas, saiba que terá que ter muita dedicação e respeitar os prazos do cliente.

Trabalhar exclusivamente como freelancer

E quem opta em trabalhar exclusivamente como freelancer, precisa ter algumas competências especiais, como visão empreendedora, capacidade de resolver problemas, organização total, comunicação assertiva, etc. Em qualquer segmento profissional há freelancers: advogados, desenhistas, modelos, fotógrafos, organizadores de eventos, professores, cuidadores, contadores, publicitários, fotógrafos, profissionais de RH, editores, programadores, etc.

Para trabalhar como freelancer, você pode formalizar o seu negócio emitindo notas fiscais. Para isso você pode se tornar um empreendedor individual.

Leia Também: Empreendedor Digital – Como ganhar dinheiro na Internet

Vantagens em ser freelancer

Há muitas vantagens em trabalhar em casa para algumas empresas e ter uma vida parcial ou exclusiva como freelancer. Vejamos algumas delas:

  • Você cria os seus próprios horários.
  • Você estabelece seu preço por seu serviço e conseguirá competir com as empresas.
  • Pode desenvolver melhor o modo como atenderá seus clientes e o modelo de negócio.
  • É uma forma fácil de adquirir renda extra.
  • Você pode praticar profissionalmente outras habilidades e formações que possui.
  • Pode trabalhar em home office, a partir da sua casa.
  • É uma forma de ter a satisfação que seu emprego comum não lhe oferece.
  • Você terá contato com uma variedade de projetos e clientes que nem sempre teria condições de atender em um emprego comum.

Desvantagens em ser freelancer

A vida de freelancer oferece algumas desvantagens também. Veja alguns a seguir:

  • Todos os custos ficam a cargo do profissional – eletricidade, aquisição de equipamentos, presença virtual, gastos com visitas a clientes, papelaria, internet, etc.
  • É preciso investir em divulgação constante.
  • Assim como em qualquer área profissional, a formação deve ser constante e e preciso estar antenado no mercado.
  • Os custos com planos de saúde, previdência privada, transporte, entre outros, ficam por conta do profissional – é preciso ter muita organização.
  • Os valores tendem a serem menores devido à pressão do mercado e pelo fato de haver outros freelances com preços injustos.
  • Se for trabalhar em casa, é preciso verificar horários e espaços em que não será interrompido.
  • Há períodos de alta e de baixa, como qualquer negócio, mas para o freelancer que trabalha exclusivamente desta forma é mais acentuado. É preciso ter um planejamento financeiro.
  • Apenas freelancers que possuem seu negócio registrado podem tirar nota fiscal – a não ser que na sua região você possa emitir nota fiscal de autônomo.
  • Nem sempre é fácil ter a autoria do seu trabalho divulgada neste tipo de trabalho.

Como se tornar um freelancer

trabalhar em casa para empresas

Não basta dizer “quero trabalhar em casa” e começar a buscar bicos por aí.

O primeiro passo é definir exatamente o que você quer fazer. Se já possui uma profissão e quer trabalhar como freelancer, basta estrutura bem a sua agenda e definir horários. Se você pretende mudar de profissão ou exercer atividades com as quais tem experiência e se identifica, mas que não trabalha em um emprego fixo necessariamente com elas, e gostaria de atuar como freelancer em alguma área, invista primeiro em formação e comece com projetos pequenos para adquirir experiência.

Esta pode ser uma oportunidade de mudar de vez de carreira. Crie também um plano de negócios adaptada à sua carreira freelancer.

Por exemplo, se você trabalha em uma empresa e adora trabalhar com decoração de interiores, mas nunca teve esta oportunidade, enquanto tiver seu emprego fico, poderá investir em formação na área de decoração e realizar projetos para montar seu portfólio. Depois é só divulgar o seu trabalho entre possíveis clientes, grupos em redes sociais ou plataformas de captação de oportunidades para freelancers.

Horários e Responsabilidades

quero trabalhar em casa pela internet

É importante que você seja muito organizado com seus horários e responsabilidades. Reserve um espaço na sua casa para montar um home office (mesmo que a sua atuação seja na rua). Tenha pelo menos um computador equipado, uma linha de telefone dedicada ao seu trabalho e os demais equipamentos que fazem parte de sua rotina profissional.

Ter presença digital é muito importante. Crie um site exclusivo e bonito, com domínio próprio, informações de contato e resumo de suas habilidades, serviços e experiência. Lembre-se que vida de freelancer exige competência, flexibilidade e muito profissionalismo. Pessoas despreparadas não conseguem se manter muito tempo neste tipo de trabalho.

Dicas extras

Muitos freelancers abrem empresas para poder emitir nota fiscal aos seus clientes ou quando efetiva de fato um negócio, após um longo período como autônomo. Uma forma de sair do anonimato e se transformar em uma empresa é se tornando um empreendedor individual – veja neste artigo como ser um MEI – Microempreendedor Individual.

Publicidade

Isso pode te interessar: