Análise de Swot – O Que é e Para Que Se Aplica nas Empresas?


analise-de-swot-o-que-e-e-para-que-se-aplica-nas-empresas

 

A análise de Swot é uma das principais ferramentas gerenciais utilizadas pelos gestores e empreendedores que necessitam analisar a viabilidade de um negócio.

Publicidade

Para saber com mais detalhes o que é esta ferramenta e como ela se aplica em todas as empresas, independentemente do eu porte ou ramo de atividade,  acompanhe nosso post!

Análise de swot – O que é?

O termo análise de Swot deriva do seu significado em inglês, onde são estudadas as:

– Forças (Strenghts);


📢 Você sonha em montar um negócio próprio mas não sabe por onde começar? Clique Aqui e leia o passo-a-passo para criar um negócio lucrativo, sem arriscar seu dinheiro dando um tiro no escuro!

– Fraquezas (Weaknesses);

– Oportunidades (Opportunities);

– Ameaças (Threats).

O que significam esses termos?

Para saber porque esta análise é tão importante para as empresas é indispensável saber do que se trata cada um dos termos acima.

Forças

As forças da empresa consistem nos aspectos internos responsáveis por fazer com que ela se diferencie dos concorrentes.

Publicidade

Em outras palavras, essas forças correspondem àquilo que de melhor a empresa tem internamente. Exemplos de forças:

– Alta qualidade do time de vendas;

– Máquinas e equipamentos de última tecnologia;

– Estrutura interna flexível e menos burocrática;

– Líderes influentes;

– Amplos recursos para pesquisa e desenvolvimento;

– Amplos investimentos em inovação tecnológica.

Resumindo, as forças consistem nas vantagens competitivas que as empresas possuem diante da concorrência, fazendo com que elas se destaquem em alguns aspectos típicos da sua estrutura interna.

Fraquezas

Também relacionadas aos aspectos internos da empresa, as fraquezas consistem por sua vez nas situações que prejudicam o bom andamento do negócio. Entre os exemplos de fraquezas é possível considerar:

– Ausência de mão-de-obra qualificada para realizar as operações da empresa;

– Má qualidade das máquinas e equipamentos utilizados, sobretudo aqueles localizados na linha de produção;

– Dificuldades para aquisição de capital de giro, o que muitas vezes inviabiliza o negócio.

As fraquezas tratam-se justamente daqueles aspectos que enfraquecem a empresa diante dos concorrentes.

Oportunidades

As oportunidades estão relacionadas aos aspectos externos da empresa, ou seja, dizem respeito ao ambiente de mercado no qual ela está inserida. Entre alguns exemplos de oportunidades, destacam-se:

– Existência de poucos concorrentes no mesmo segmento de mercado que a empresa atua;

– Baixo custo da matéria-prima e demais insumos utilizados para produção de bens;

– Incentivos econômicos concedidos ao segmento de mercado em que a empresa está inserida etc;

Ou seja, oportunidades significam todos os fatores externos que favorecem o bom andamento dos negócios.

Ameaças

Já no caso das ameaças, elas consistem justamente nos aspectos externos que prejudicam o negócio, fazendo inclusive com que ele se torne ou não, viável. Alguns exemplos de ameaças externas às empresas, são:

– Aumento de impostos, taxas e tributos;

– Aumento dos custos para aquisição de matéria-prima e demais insumos;

– Decisões econômicas que prejudicam o segmento de mercado no qual a empresa atua;

– Mudança de governos, crises políticas e econômicas etc.

Concluindo, a análise Swot é fundamental para que a empresa identifique com detalhes quais são suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças diante de um mercado cada vez mais competitivo.

Imagem- jrmcoaching.com.br


👉 Qual a melhor ideia de negócio PARA VOCÊ?

Na internet existem milhares de informações sobre ideias e modelos de negócio. Mas afinal, qual a ideia de negócio ideal para você? Será que sua ideia é lucrativa? Nesse ARTIGO (clique aqui) mostramos para você como descobrir isso hoje mesmo. Se você quer montar um negócio 100% próprio com baixo risco, CLIQUE AQUI e veja o passo-a-passo para se tornar seu próprio chefe.