Ativo Circulante – O Que é e Como Ele Interfere nas Empresas?


ativo-circulante-o-que-e-e-como-ele-interfere-nas-empresas

 

Para que as empresas possam manter a saúde financeira é indispensável que elas estejam atentas às contas do balanço contábil. Uma delas trata-se do ativo circulante.

Publicidade

Para saber no que esta importante conta consiste e como ela interfere no sucesso dos negócios, confira nosso post!

Ativo circulante – O que é?

O ativo circulante, conforme já mencionado, trata-se de um grupo de contas do Balanço Patrimonial da empresa.

Este grupo refere-se aos bens e direitos da empresa que podem ser transformados em dinheiro em um curto prazo de tempo.

No Balanço Patrimonial, ele aparece na coluna esquerda, na parte destinada à demonstração de todos os ativos.

O que compõe este grupo de contas?

Este grupo de contas é basicamente composto por:

Dinheiro em caixa;

– Conta bancária da empresa;

– Aplicações financeiras e investimentos;

– Contas a receber (pela venda de produtos e/ou serviços);

– Estoques;

– Mercadorias;

– Matéria-prima e insumos.

O ativo circulante e o capital de giro

Este grupo de contas pertencentes ao Balanço Patrimonial também é utilizado para que as empresas identifiquem o capital de giro que elas poderão contar.

Para identificar este capital, basta que do valor referente ao ativo considerado circulante seja subtraído o valor correspondente às contas do passivo circulante.

O passivo circulante, ao contrário do ativo, corresponde a todas as despesas que a empresa deverá honrar. Entre estas despesas, estão:

– Folha de pagamento dos funcionários;

– Fornecedores;

– Empréstimos bancários;

– Impostos e taxas;

– Encargos sociais/trabalhistas (FGTS, INSS etc);

– Provisões (férias, 13 salário etc).

Qual a importância do ativo considerado circulante?

Um dos erros mais comuns da maioria das empresas é concentrarem-se apenas na redução dos custos e despesas contidas no passivo circulante.

Por mais que seja necessário fazer este controle, para que uma empresa se mantenha saudável e operante é fundamental que os empresários se dediquem a desenvolver estratégias para aumentar seus ativos, sobretudo o considerado circulante.

Como interpretar os valores desse ativo?

Para que as empresas possam interpretar adequadamente os valores do ativo considerado circulante, é necessário contar com o auxílio de um profissional especializado na área de finanças ou de um contador.

Eles conseguirão esclarecer com detalhes todos os pormenores que envolvem este grupo contábil, fazendo com que seja possível tomar decisões bem mais assertivas quanto a ele.

O que fazer para aumentar esses ativos?

Para que as empresas possam aumentar seus ativos, vale à pena considerar as seguintes estratégias:

– Investir os lucros em aplicações financeiras mais rentáveis;

– Procurar não deixar altos estoques ociosos (já que isso significa dinheiro parado);

– Desenvolver estratégias de curto prazo para aumentar o giro das vendas (promoções, maiores facilidades de pagamento etc);

– Trabalhar no fortalecimento da marca e posicionamento de mercado no intuito de aumentar os preços dos produtos e/ou serviços oferecidos pela empresa.

Concluindo, identificar e analisar todas as contas do ativo circulante é fundamental para que a empresa se mantenha financeiramente saudável e competitiva.

Imagem- contabeissemsegredos.com

Publicidade

Isso pode te interessar: