Planejamento Estratégico – O que é? Tático e Operacional

Toda empresa, independentemente de seu tamanho ou tempo de existência, precisa de um planejamento estratégico. É um elemento básico de qualquer administrador. Aprenda mais sobre este conceito e veja como elaborar o planejamento estratégico do seu negócio. Primeiro, confira o conceito e entenda o que é.

Conceito | Definição – O que é o Planejamento Estratégico?

Publicidade

Grande parte das empresas iniciantes fecham suas portas nos dois primeiros anos por falta de planejamento. Um destes planos é o planejamento estratégico, que se trata de um processo de gestão para a construção de objetivos para a seleção de programas de ação e para sua execução de um negócio, considerando todas as condições internas e externas possíveis e sua evolução prevista.

planejamento estratégico

É através do planejamento estratégico que o seu negócio terá possibilidades de crescer, dar os primeiros passos e engajar ações positivas para o sucesso, de modo organizado e mais seguro. Trata-se de planejar estratégias com eficiência e conhecimento do segmento, informações assertivas sobre o mercado, para que o empreendedor possa tomar decisões aliadas à visão de futuro da empresa.

Há muitas formas de criar um plano estratégico. Você pode começar esboçando em um papel ou em um software específico para isso todas as situações do seu negócio. É importante que seja traçado mesmo antes de ser colocado em ação.

Como criar um planejamento estratégico?

Primeiramente, considere uma ferramenta para criar o seu planejamento estratégico – pode ser no Word, em uma folha de papel ou em um programa como o Canvas Business Model, um software de modelo de negócios em que você pode criar tanto o plano de negócio de sua empresa quanto o planejamento estratégico ou modelos de projetos específicos de forma bem fácil – acesse o site da ferramenta aqui. Você pode baixá-la no seu computador. É um recurso muito usado por administradores.

Vejamos agora algumas etapas do planejamento estratégico empresarial a se considerar:

  • Quem somos? Qual missão da empresa ou negócio? Qual a relevância do negócio para o mercado? Qual ao objetivo desta empresa? Quais os seus valores? Nesta parte, é importante contextualizar e conceituar o novo negócio. Isso será a base de ações publicitárias, por exemplo, e diversas atividades ao longo do período.
  • Descreva os atores envolvidos nesse planejamento: quais pessoas ou entidades que terão participação importante nas análises que traçarão os caminhos da empresa?
  • Defina os papéis de cada envolvido, com informações detalhadas sobre cada função e a visão mais completa do mercado – clientes, concorrentes, fornecedores, colaboradores, parceiros, investidores, etc.
  • Destaque os insumos (internos e externos) necessários para realização de seu negócio.
  • Veja quais as principais formas de gerenciar as informações e mensurar os resultados por períodos.
  • De tempos em tempos, é importante rever o seu planejamento estratégico. Ele é um organismo dinâmico e deve ser revisto sempre que for necessário. Muitas empresas preferem revê-lo a cada 6 meses e outras a cada 2 anos.

Métricas e mensuração dos resultados

planejamento estratégico

É preciso realizar uma métrica bem relacionada com o planejamento e ambições da empresa. Estas métricas são estratégias para mensurar qualquer investimento ou ação relacionada ao seu negócio, em quantidade e qualidade. Isso precisa estar claro antes de investir.

As métricas estão relacionadas aos planos de estratégia. Os números sobre a atuação de um negócio, por mais que sejam positivos ou negativos, devem ser conclusivos para que se avalie se a empresa está ou não próxima dos seus objetivos, como um verdadeiro termômetro de resultados.

Há muitas formas de quantificar as ações da empresa por períodos ou etapas e muitos recursos eletrônicos disponíveis para isso. É preciso ainda compreender as técnicas de análise destas informações, que nem sempre é fácil para o novo empreendedor. Estas informações, quando mensuradas, servem para o processo de pessoas/equipe, a estratégia e nossos planos operacionais. Isso gera um desenvolvimento imprescindível para a empresa.

Muitos empreendedores optam por executar reuniões estratégicas em períodos definidos. É uma forma de debater com seus sócios e colaboradores sobre alguns obstáculos que exigirão decisões. Isso faz parte da gestão empresarial eficiente.

Se você trabalha por conta e tem um pequeno negócio, pode preferir utilizar gráficos e indicadores de resultados por meios de recursos eletrônicos para captar informações que ajudarão na sua tomada de decisão. Tudo vai depender de quais formas de mensuração de resultados têm mais a ver com o seu formato de negócio.

Veja alguns aspectos a se considerar na sua mensuração de resultados e no planejamento estratégico:

Mensuração do Planejamento

  • A mensuração de resultados deve ser constante, assim como o planejamento estratégico deve estar sempre presente nas suas decisões. Isso evita atitudes precipitadas e baseadas em falsas percepções.
  • É importante manter a sincronia dos processos de gestão pessoas, estratégia e rotina na execução de suas ações. Veja o seu negócio de modo sistêmico.
  • Saiba efetuar a divisão de funções, atribuições e responsabilidades de modo a facilitar a obtenção de resultados. É mais eficaz também trabalhar por etapas do que querer abraçar o mundo.
  • Seja realista e não dê passos maiores do que pode. Isso evita frustração. Tenha bom senso e noção da realidade do seu negócio. Dê passos maiores e de modo gradativo conforme os bons resultados.
  • Desde a organização do seu negócio, saiba valorizar o seu esforço e o de pessoas que estão diretamente ou não envolvidas com ele.
  • Abra-se para as novas realidades, aprenda sobre a hora de mudar e tenha flexibilidade e sabedoria na condução de suas estratégias. Utilize as informações captadas nas métricas para tomar decisões conscientes.

 

Modelo: Tático e Operacional

Modelo tradicional de um planejamento empresarial:

planejamento estratégico, tático e operacional

O planejamento tático costuma ser formado pelos gerentes de cada departamento. Esse nível faz a intermediação entre o planejamento em nível estratégico e o operacional. As pessoas desse nível estratégico concretizam os planos desenvolvidos. É função de cada departamento implementar as estratégias apresentadas pelo nível superior.

O planejamento operacional está ligado a execução do plano em seu nível técnico. Assim, a estratégia é desmembrada entre os funcionários de forma específica e isolada.

Dicas extras

Não desanime! Você verá que um plano requer muito mais esforço e dedicação do que pensa, mas isso impacta diretamente na qualidade do seu produto ou serviço, na capacidade de resolução de problemas e no tempo de retorno dos seus investimentos.

planejamento estratégico conceito modelo

Lembre-se que um negócio só é um negócio quando há coerência entre os seus planos e práticas. Não se trata de uma compilação de ações desnorteadas e impulsivas, mas da aplicação de ações pensadas, exclusivamente orientadas para que o seu projeto dê certo.

Você poderá conferir mais sobre plano estratégico para pequenos negócios neste modelo do Sebrae.

Imagens: Pinterest.

Leia Também:

Outras Oportunidades:

5 mil reais por mês Consertando Celulares

Elas lucram alto com doces refinados
Como revender roupas de marca (200% de lucro)
10 Negócios Lucrativos para 2017

Livro Grátis: Como trabalhar pela Internet
Negócio do Futuro: Instalação de Energia Solar

 

 Leia Também:

 

 

 
Publicidade


Outros Temas


Publicidade