Quanto Ganha um Mecânico de Motos em Média?


quanto ganha um mecânico de motos

Saber quanto ganha um mecânico de motos é essencial para quem deseja começar nessa profissão e já ter em mente quanto pode ter de salário ou até mesmo para quem pretende abrir uma mecânica de motos e pensa em contratar um funcionário.

Em média, quanto ganha um mecânico de motos?

Em média, um mecânico de motos ganha R$2.307,00. No entanto, esse valor varia (para mais ou menos) de acordo com alguns critérios como: tempo de experiência profissional, nível de qualidade do trabalho e perícia na identificação de problemas, porte da empresa na qual atua, nível de responsabilidade operacional etc.

Publicidade

Vejamos uma tabela divulgada pelo site Trabalha Brasil que exemplifica as faixas salariais aproximadas, demonstrando quanto ganha um mecânico de motos de acordo com o nível:

Porte da empresa Nível de atuação profissional
Trainee Júnior Pleno Sênior Master
Pequena 1.591,88 1.751,07 1.926,18 2.118,80 2.330,68
Média 1.910,26 2.101,29 2.311,42 2.542,56 2.796,82
Grande 2.292,32 2.521,55 2.773,70 3.051,07 3.356,18

Principais atribuições de um mecânico de motos

Além de saber quanto ganha um mecânico de motos, é importante estar por dentro das atribuições básicas de quem atua nessa área:

  • Fazer diagnósticos e manutenções de falhas em motores de motos;
  • Elaborar estratégias/planos de manutenção em sistemas;
  • Substituir peças problemáticas, reparar e testar o desempenho de todos os componentes das motos, garantindo pleno funcionamento e total segurança ao usuário;
  • Saber interpretar manuais e desenhos técnicos, seguindo padrão quanto às normas de segurança e qualidade estabelecidas.

5 dicas ao contratar um mecânico de motos

Se você tem uma empresa que trabalha com manutenção de motos, essas dicas são essenciais para que você acerte na contratação e ofereça os melhores serviços aos seus clientes. Vejamos.

1 – Curso completo

Para atuar em empresas no segmento de mecânica de motos, o profissional responsável por esse serviço deve ter certificado comprovando realização do curso de qualificação em mecânica de motocicletas, já que este é um requisito básico.

2 – Tempo de experiência

Além do curso, o recomendado é que esse profissional de mecânica tenha um tempo mínimo de experiência no mercado de 1 ano. No caso de sua empresa já contar com mecânicos experientes e precisar de um mecânico no nível aprendiz, é possível considerar a contratação sem experiência (desde que o profissional tenha realizado o curso).

3 – Responsabilidade

Na hora da entrevista é importante valorizar os profissionais que demonstram maior comprometimento com a responsabilidade, sendo fiel à qualidade, segurança e prazos estipulados quanto ao serviço. Com o passar do tempo, o valor de quanto ganha um mecânico de motos poderá aumentar mediante elevação do nível de responsabilidade.

4 – Referências

Ao contratar um mecânico de motos também é indicado consultar no mínimo 1 referência de empresa na qual esse profissional trabalhou, buscando verificar se ele desempenhou bem suas funções.

5 – Diferencial do serviço

Durante a entrevista, busque notar se esse profissional demonstra diferenciais quanto ao serviço realizado, tais como obediência a normas de segurança, higienização das motos após o trabalho etc. Para descobrir isso, peça que ele detalhe sua rotina de trabalho no emprego anterior. No caso de mecânicos aprendizes, busque ensinar as melhores normas e padrões quanto à qualidade do serviço.

5 dicas para ser um bom mecânico de motos

1 – Busque conhecimento

O valor de quanto ganha um mecânico de motos varia de acordo com o conhecimento que o profissional possui, seja por meio de cursos ou experiências práticas nesse serviço. Portanto, busque conhecimento. Além das disciplinas do curso, converse com profissionais mais experientes e busque todas as informações disponíveis sobre este assunto. Esteja sempre um passo à frente dos concorrentes.

2 – Adote padrões de segurança

Durante a realização do serviço de mecânica de motos é fundamental estar atento a todas as normas de segurança que envolvem a estrutura da moto e uso dos equipamentos, evitando acidentes no espaço de trabalho e riscos aos clientes.

3 – Capriche

Capriche ao máximo na realização do serviço, já que esse fator determina quanto ganha um mecânico de motos e aumenta bastante sua credibilidade profissional. Busque fazer além do esperado e sempre oferecer um serviço de alta qualidade aos clientes.

5 – Atenda bem

O atendimento é parte essencial no serviço de mecânica. Tire todas as dúvidas dos clientes, responda perguntas de forma educada e sempre trabalhe dentro dos prazos estipulados.

Seguir essas dicas é fundamental para definir quanto ganha um mecânico de motos de acordo com os resultados proporcionados.

Imagens: desapega.net / profiautos.com.br

Publicidade