17 Dicas de Como Vender Mais no Mercado Livre


vender-mais-no-mercado-livre

Muitos empreendedores digitais interessados em vendas de produtos, ainda com poucos recursos para montar um e-commerce seguro e mais complexo, optam pelos market places, como o Mercado Livre, uma plataforma que intermedia vendedores e compradores por meio de regras complexas, intermediadores de pagamento, entre outras vantagens para ambas as partes. Mas diante da concorrência tão grande, como vender mais no Mercado Livre? Veja a seguir!

Publicidade

Desafios do vendedor no Mercado Livre

mercado-livre

 Concorrência desenfreada, guerra de preços, inovação dos produtos apresentados, anúncios atraentes, anúncios patrocinados – estes são apenas alguns dos desafios que os empreendedores digitais que apostam no Mercado Livre para efetivar suas vendas possuem. O jeito é aliar boas práticas e dicas de quem já faz parte da plataforma há mais tempo.

Como Vender mais no Mercado Livre

Veja abaixo uma lista de boas práticas para vender mais, sem ter que investir muito.

Tenha metas de vendas – Quantos pedidos você quer fechar por dia no Mercado Livre? 10? 40? Quantas unidades você gostaria de vender em um período, por exemplo, em 6 meses? O que é preciso fazer para que isso aconteça? Alie as suas metas de vendas às ações necessárias para elas saiam do papel – por exemplo, investir em anúncios patrocinados, melhorar o tempo de resposta às perguntas dos compradores, dar uma descrição mais aprofundada dos produtos, etc.

Segmentação – Muitos vendedores do Mercado Livre não têm muito êxito, pois não direcionam muito bem o tipo de produto que querem vender – vendem todo tipo de produto, sem concentrar os esforços naqueles que dão mais resultados. Defina melhor o seu segmento de atuação – se seu forte, por exemplo é vender cosméticos e perfumes, não adianta querem vender pneus no mesmo perfil. A segmentação é muito útil para qualquer tipo de negócio.

Formalize a sua empresa – Se pretende crescer, mesmo trabalhando com o Mercado Livre, é preciso formalizar seu negócio, abrindo uma empresa. Uma dica para os iniciantes é criar um cadastro MEI – Microempreendedor Individual, em que você obtém CNPJ, pode comprar com melhores condições dos fornecedores, melhorando seu estoque. Poderá ainda tirar nota fiscal. O faturamento deve ser de até R$ 60 mil.

Tenha paciência – Nem sempre as vendas deslancham da noite para o dia, mesmo com todo o esforço que puder empenhar na divulgação do seu negócio no Mercado Livre. Dê tempo ao tempo e não se desespere.

Melhore seus preços e ofertas – Faça uma pesquisa entre a sua concorrência e confira o preço dos mesmos produtos ofertados por outros vendedores. Veja com seus fornecedores se é possível descontos e vantagens para as suas aquisições. Faça promoções esporádicas, aliando os seus custos com o lucro que pretende obter.

Leia também: Ideias de Negócios Diferentes e Rentáveis com Baixo Investimento

Melhore a sua qualificação de vendedor – Isso conta muito entre os clientes. O Mercado Livre tem um sistema de qualificação de vendas e testemunhos de consumidores que vale a pena investir para se destacar dos demais. Apresente ainda mais detalhes dos produtos no perfil, disponibilize um endereço fixo e telefones ou formas de contato, seja prestativo na negociação – tudo faz a diferença no seu relacionamento com o cliente.

Escolha um nome forte – Mantenha o nome da sua empresa nos perfis e anúncios ou escolha um nome comercial para ser conhecido no Mercado Livre. Não opte por nomes engraçadinhos ou apelidos sem noção – tenha foco no negócio e escolha uma identidade clara e séria. Vender mais no Mercado Livre é pensas nos pequenos detalhes.

vender-mais-no-mercado-livre

Crie uma descrição poderosa – Detalhes sobre os produtos são fundamentais para a satisfação do consumidor e efetivação das vendas. Coloque todas as informações relevantes sobre o que está sendo vendido – cor, tamanho, peso, quantidade, etc. Coloque imagens fidedignas e deixe o texto com fontes fáceis de ler.

Crie títulos atraentes – Os seus anúncios devem ter títulos atraentes e diretos, com a palavra-chave do produto ou da marca. Coloque-se no lugar do comprador – qual o título definiria bem aquilo que ele está procurando? Seja curto e direto.

Fuja da guerra de preços – Não é porque seu concorrente mantém o preço lá embaixo que deve seguir seus passos e ter uma margem de lucro minúscula. Ofereça outros diferenciais e faça promoções. Aposte ainda em variedade para competir melhor.

Seja honesto – Sem honestidade não se permanece muito tempo no mercado. Tudo o que é prometido nos seus anúncios deve ser cumprido e a compra deve ser uma boa experiência para o consumidor. Esteja atento e consciente das promessas e descrições do anúncio.

Aposte no frete incluso – O frete pode assustar seus compradores. Desta forma, coloque o valor da taxa de entrega no preço do produto, sem cobrar o frete separadamente. É uma estratégia para produtos com pouco volume. Isso faz com que você se destaque de seus concorrentes. Se você quer vender mais no mercado livre, então faça testes!

Diversifique as formas de pagamento – Ofereça diferentes possibilidades de pagamentos aos seus clientes. Os consumidores preferem pagar com cartão de crédito, mas disponha também da possibilidade de fazer transferências e boletos, por exemplo.

Diversifique as opções do produto – Ofereça opções diversificadas do mesmo produto – isso amplia a capacidade de escolha do consumidor, o destaca diante da concorrência e dá mais chances para o consumir levar mais unidades do mesmo produto.

Mercado Ads – É estratégico patrocinar os resultados de busca para atrair consumidores. Para isso, existe o Mercado Ads, e sites como o Google, por exemplo, onde você pode efetivar anúncios patrocinados.

Anuncie nas redes sociais – Esta é outra forma de ampliar a sua divulgação. Nas redes sociais você pode divulgar o seu negócio gratuitamente ou criar anúncios patrocinados – seja no Facebook, Twitter, Instagram, etc. Para vender mais, pode ser uma mão na roda.

Aposte em e-mail marketing – A newsletter seve para atingir os clientes cadastrados com ofertas e promoções, em primeira mão. Lembre-se de que o comprador deve autorizar o recebimento.

Leia também:

Produtos para Revenda – importados com Baixo Investimento

 

 

Publicidade

Isso pode te interessar: