Alíquotas do Simples Nacional – Saiba Quais São!


aliquotas-do-simples-nacional-saiba-quais-sao

 

Conhecer as alíquotas do Simples Nacional é de suma importância para que as empresas se mantenham regulares com relação a todos os impostos oriundos da atividade empresarial.

Para saber quais são essas alíquotas, no que consiste o Simples Nacional e como gerar a guia destes impostos, basta acompanhar nosso post!

Por que existe as alíquotas do Simples Nacional no Brasil?

As alíquotas do Simples Nacional foram criadas no intuito de incentivar o empreendedorismo no Brasil, já que na maioria das vezes o que impede a abertura e funcionamento das empresas é a altíssima carga tributária, que infelizmente está entre as maiores do mundo.

Publicidade

Vale ressaltar que essas alíquotas diferenciadas são aplicadas apenas para aquelas empresas enquadradas no regime do Simples, conforme diretrizes especificadas pelos órgãos federais quanto ao enquadramento do regime de tributação a ser seguido.

Quais são essas alíquotas?

As alíquotas do Simples são aplicadas para empresas com faturamento anual bruto de no máximo R$3.600.000,00.

As empresas enquadradas neste sistema podem estar ligadas à indústria, comércio, prestação de serviços e locação de bens móveis.

As alíquotas são definidas com base em duas coisas: No ramo de atividade da empresa e no seu faturamento anual.

De acordo com isso, as alíquotas são definidas englobando os impostos que variam conforme suas atividades. Esses impostos são:

– IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica);

Publicidade

– CSLL (Contribuição Sobre o Lucro Líquido);

– COFINS (Contribuição Para o Financiamento da Seguridade Social);

– PIS/PASEP (Programa de Integração Social);

– ISS (Imposto Sobre Serviços). Obs.: Este aplica-se somente no caso de empresas prestadoras de serviço;

– CPP (Contribuição Patronal Previdenciária). Obs.: Aplicada para comércio, locação de bens móveis e indústria;

– ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).Obs.: Aplicado apenas para o comércio e a indústria;

–  IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados). Obs.: Aplicado apenas no caso de indústrias.

Como são pagas essas alíquotas?

Com o objetivo de facilitar o pagamento de todas estas alíquotas, é gerada em uma única guia a soma de todas elas.

Esta guia de pagamento recebe o nome de DAS – Documento de Arrecadação do Simples Nacional, sendo gerada exclusivamente pelo site da Receita Federal. Após o pagamento, a Receita automaticamente “transfere” os percentuais de pagamento correspondentes a todas as esferas de poder: Municipal, Estadual e Federal.

A quem recorrer quanto a este assunto?

Para que todos os meses as empresas possam manter a regularidade diante dos órgãos responsáveis pela arrecadação tributária, é indispensável obter o apoio de um contador experiente, seja ele contratado pela própria empresa ou por meio de uma assessoria contábil especializada.

Além disso, é necessário que as empresas sempre fiquem atentas quanto a possíveis mudanças ocorridas nessas alíquotas ou até mesmo na legislação do Simples, já que o empreendedor necessita fazer um prévio planejamento financeiro para suportá-las.

Para concluir, além de obter informações quanto às alíquotas do Simples Nacional, é indispensável que os empresários fiquem atentos quanto ao planejamento financeiro com o objetivo de sempre ter capital de giro suficiente para arcar com esses impostos.

Imagem- blog.contaazul.com
Publicidade