Efeito Halo – O Que é e Como Funciona Nas Empresas

efeito halo

O efeito halo é um termo comum utilizado pela psicologia e também no dia a dia das empresas. Quer saber como esse conceito está ligado ao desempenho de equipes e aos resultados práticos da organização da empresa? Confira nosso artigo.

O que é efeito halo?

De forma simples, o efeito halo consiste numa forma de generalização equivocada, na qual a avaliação global de uma pessoa, objeto, produto ou serviço é feita com base em uma única característica.


Publicidade

Para ficar mais fácil, vamos considerar o exemplo de alguém que seja convidado para emitir uma opinião sobre determinado produto e essa análise envolve uma série de fatores como durabilidade, qualidade, funcionamento, design etc.

Caso a pessoa convidada para essa análise não tenha uma boa opinião quanto ao design do produto, por exemplo, todos os demais fatores como durabilidade, funcionamento, qualidade etc. serão afetados por essa opinião negativa, dando origem a uma opinião generalizada e equivocada quanto ao produto em análise.

O efeito halo nas empresas

Efeito halo

O efeito halo nas empresas é muito mais comum que as pessoas imaginam e esse fator interfere de forma direta na gestão das mais diversas áreas. Vamos observar como esse efeito pode ser observado em cada área de uma empresa e exemplos práticos.


Publicidade

Entrevistas de emprego

O entrevistador da empresa está sujeito ao efeito halo no momento em que avalia um candidato que almeja uma vaga de emprego.

Exemplo:

Ao observar uma certa característica negativa no candidato à vaga, a tendência é que o entrevistador “julgue” o entrevistado nos demais quesitos com base nessa observação negativa.

Suponhamos que o candidato fale muito devagar. Com base nesse único fator, o entrevistador, sob o efeito halo, pode pensar que essa pessoa também irá executar suas atividades muito devagar ou que terá dificuldades em tomar decisões rápidas. Ou seja, toda a avaliação do candidato é feita somente com base em um fator (ou característica), o que obviamente consiste numa maneira errada de avaliar.


Publicidade

Estratégias de marketing

Não é por acaso que as empresas investem tanto para melhorar a imagem de seus produtos e serviços junto aos clientes. Muitas vezes, apenas um detalhe negativo, seja no produto/serviço especificamente ou em uma propaganda, a imagem que o cliente fica torna-se totalmente distorcida.

Exemplo:

Por mais que uma empresa invista em tecnologia na elaboração dos seus produtos, caso determinado lote desses produtos apresente um problema e essa informação venha a público, os clientes, movidos pelo efeito halo, tem a percepção de que todos os produtos de determinada marca apresentam defeitos, o que não é verdade.

Avaliações de desempenho

O efeito halo nas empresas também pode ser percebido durante as avaliações de desempenho realizadas pelos chefes ou colegas de trabalho.

Exemplo:

Quando um chefe faz a avaliação geral do desempenho de um subordinado considerando apenas uma característica negativa. Suponhamos que o subordinado apresente baixos resultados no que se refere à elaboração de relatórios de vendas.

Sob o efeito halo, o avaliador acaba avaliando outros itens do desempenho com base nesse aspecto negativo, o que prejudica a avaliação geral do profissional. Ter dificuldades em preencher um relatório de vendas não significa que a pessoa não saiba vender.

Avaliação dos concorrentes

O efeito halo nas empresas também pode ser notado nos processos de avaliação dos concorrentes, sendo que essa avaliação é feita principalmente pelas equipes de marketing.

Exemplo:

Um concorrente apresenta baixa qualidade no atendimento aos clientes. O avaliador da área de marketing, ao focar apenas nesse fator, corre o risco de interpretar que esse concorrente apresenta um produto ou serviço de má qualidade e que a logística desse concorrente não é boa.

Trata-se de uma avaliação equivocada porque a existência de um problema não quer dizer necessariamente que as demais áreas de uma empresa estejam funcionando mal.

Planejamento financeiro

O efeito halo pode ser identificado nas questões de planejamento financeiro de curto, médio e longo prazo.

Exemplo:

Quando o gestor financeiro identifica um quadro de crise econômica em determinados setores e logo acredita que essa crise afetará a empresa de forma direta. Esse tipo de avaliação nem sempre é real, pois, mesmo diante de uma crise econômica, determinados segmentos empresariais não sofrem os efeitos de forma direta ou até mesmo podem apresentar crescimento financeiro (mesmo diante de um cenário que não é favorável para outras empresas).

Achou interessante o efeito halo? Compartilhe esse conteúdo com seus amigos e aproveite para conferir esse nosso outro artigo falando sobre estratégias de recursos humanos nas empresas.

Imagens: ibccoaching.com.br / blog.algartelecom.com.br

 

 


Publicidade