Matriz BCG – O Que é e Como as Empresas Aplicam?


pra-que-serve-uma-matriz-bcg

Os empreendedores e gestores de empresas necessitam contar com todos os recursos possíveis que os auxiliem na administração dos negócios. Um desses recursos trata-se da Matriz BCG.

Para saber o que é esta matriz, como interpretá-la e como ela é aplicada no mundo dos negócios, especialmente na área de marketing, basta acompanhar nosso post!

Matriz BCG – O que é?

A Matriz BCG consiste em uma análise gráfica que tem por objetivo realizar um estudo profundo do portfólio de produtos ou serviços oferecidos pela empresa com base no conceito de ciclo de vida desses produtos e/ou serviços.

Esta matriz é utilizada sobretudo pelos profissionais de marketing que necessitam constantemente analisar cada passo que a empresa dá em termos de estratégias de mercado.

Publicidade

Analisar a BCG é essencial para verificar o momento certo de lançar ou retirar determinado produto do mercado.

Como é estruturada esta matriz?

A estrutura da BCG é dividida em duas partes, sendo: Crescimento de mercado e participação relativa de mercado (comparada à participação do maior concorrente da empresa).

Desse modo, em um primeiro momento, quanto mais depressa ocorrer o crescimento de mercado de um produto e/ou maior for a participação de mercado, melhor será para a empresa.

Além desses aspectos, para que seja possível desenvolver estratégias mercadológicas com base na BCG, é fundamental ter como base os quadrantes trazidos nela, já que eles ajudam a identificar qual o posicionamento de cada produto no mercado.

matriz-bcg-o-que-e-e-como-as-empresas-aplicam

O quadrante da matriz

O chamado quadrante da matriz BCG é composto por:

Publicidade

Estrela

Este quadrante contém os produtos que possuem alto índice de crescimento no mercado com alta participação de mercado.

Tratam-se de produtos considerados líderes de mercado, o que exige grandes investimentos.

Ponto de interrogação

Este quadrante também é conhecido como “em questionamento. ” Ele contém os produtos que apresentam altas taxas de crescimento.

Estes produtos requerem investimentos maiores e apresentam baixo retorno. A depender do crescimento do mercado, ele pode tornar-se ou não rentável. Exatamente por isso este quadrante chama “ponto de interrogação. ”

Vaca leiteira

O “vaca leiteira” trata-se de um quadrante que aborda os produtos com taxa de crescimento considerada moderada em mercados que já estão há mais tempo estabelecidos.

Esses produtos não demandam grandes investimentos, posto que o mercado está em baixo crescimento. Grande parte das empresas mantém esses produtos como carro-chefe do negócio, já que eles proporcionam altos lucros.

Abacaxi

O quadrante “abacaxi”, como o próprio nome sugere, trata-se dos produtos com baixa participação diante de um mercado que não apresenta crescimento. Esses produtos devem ser evitados pela empresa, já que eles podem gerar sérios prejuízos.

Sobretudo para os profissionais de marketing, é fundamental que eles estejam atentos quanto a este ciclo de vida de cada produto oferecido pela empresa, já que isso determina todas as estratégias a serem seguidas, sejam elas de curto, médio ou longo prazo.

Concluindo, a Matriz BCG determina até que ponto é viável para a empresa realizar investimentos nos seus produtos de acordo com o ciclo de vida que eles apresentam.

Imagem- boxloja.com   webvisao.com.br
Publicidade